sexta-feira, 24 de março de 2017

Se te contar nem acreditas!


Hoje vim contar-vos algumas peripécias estranhas, mas ao mesmo tempo engraçadas (para alguns/algumas de vocês talvez), que me aconteceram desde que entrei para a faculdade. Claro que aconteceram mais algumas coisitas, mas não pretendo expor tudo. Estas são as que, para mim, são as principais. Por isso, sempre que algum/a de vocês estiver a passar por um mau dia, pode vir aqui ler isto para se rir um bocado.  Eu sou a pessoa mais cabeça no ar que pode haver. Perco tudo ou quase tudo. Vamos lá ver porque eu digo isso.


Quando quase perdi o cartão de transporte - Não tinha dado conta, até que uma rapariga da minha terra me disse que uma colega dela tinha encontrado o meu cartão no comboio e entregou-o na estação. Se ela não me tivesse dito, eu chegava a Coimbra e não sabia como ia chegar à residência. 

Quando preparas a tua comida com muito amor e carinho e depois ela cai-te ao chão - Eu antes nunca era muito atrasada. Chegava sempre com antecedência. Agora, uma vez que acordo meia-hora antes (antes também o fazia), já perdi a conta das vezes em que corri atrás do autocarro para o apanhar. Num dia normal como desses, ia eu feita "tolinha" a correr atrás dele até que ouço algo a cair ao chão. Olhei para trás e estava ali o meu atum à Brás espalhado no chão. Fiquei tão desconsolada. Ia provar algo que tinha feito pela primeira vez e aconteceu isso. Ah, e ainda perdi o meu garfo. Fiquei bastante confusa porque julguei mesmo que tivesse fechado a mochila. 

Quando quase perdi o cartão de transporte pela segunda vez - Tinha eu tirado o cartão da carteira com antecedência, para chegar ao autocarro e não ter que me dar ao trabalho de ir busca-lo a mala, e meti-o no bolso. Cheguei à paragem e comecei a apalpar os bolsos. Não havia cartão nenhum. Achei mesmo estranho porque eu tinha a certeza que o tinha posto no bolso. Andei eu com a minha colega numa busca intensiva pelo cartão (foi nesse momento que encontrei o meu garfo) . Fomos aos sítios onde eu tinha passado. O mais bizarro é que a minha colega encontrou-o num sitio onde eu não tinha estado (Começo a achar que este cartão tem algo de sinistro).

O dia em que quase fiquei entalada na porta do autocarro - Ia para a última aula do dia com as minhas colegas. Nas calmas. Até que vimos o autocarro a parar na paragem. Ainda faltava atravessarmos a passadeira. Então eu vi um carro parado e julguei que o sinal para os peões ia passar a verde, então atravessei a correr. As minhas colegas foram atrás. Ouvimos um carro a apitar. Eu vi a porta do autocarro a fechar-se lentamente. Desatei a correr e consegui entrar quando já faltava pouco espaço entre a porta. O condutor ficou-me a olhar com uma estranheza.


Quando perdi o cartão de transporte de vez - Já estava destinada a perdê-lo. Eram sinais do universo. Só sei que o usei para ir para o local onde ia ter a praxe. Quando estava a vir embora, fui à carteira e não o vi lá. Procurei pela mala e pela carteira toda e nada (queria-me rir se ele aparecesse num sítio sinistro). 

14 comentários:

  1. Essa do bacalhau à Brás está muito boa! A melhor de todas ahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. *Atum à brás ahah
      Ainda bem que achas. A cena é que na altura não achei piada nenhuma ahah

      Eliminar
  2. bemmmm ainda eu acho que tenho um azar do caraças! Ainda te vais rir disto tudo ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não és a unica...
      também acredito que sim!

      Eliminar
  3. Bem, eu sei que são situações que na altura nos deixam furiosas, mas agora contadas tem alguma piada! O raio do cartão já era destino perdê-lo!


    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Percebo a tua dor. Adoro atum e vê-lo estatelado no chão deve ser de partir o coração.
    Pelos menos tens boas histórias para contar =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a cena é que achei aquele momento mesmo confuso porque estava mesmo na ideia que tinha fechado a mochila...

      Eliminar
  5. Achei piada ao facto de perderes o cartão de vez ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahah já estava mesmo destinado....
      estava a espera daquele momento certo em que perdia o cartão de vez para escrever este post! ahah estou a brincar!

      Eliminar
  6. Nunca me aconteceu nada disso mas nunca é tarde :P
    R.Talvez sim ^^
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
  7. Fiquei curiosa, depois de veres a comida espalhada no chão ainda conseguiste apanhar o autocarro? Ahah :D

    ResponderEliminar