sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Primeira semana em Coimbra




Sem contar com o dia das matrículas e com o passeio a Coimbra com a minha amiga Cátia antes de saber os resultados das colocações, a minha primeira semana nesta cidade foi, digamos, um pouco atribulada.


Vim de propósito naquela semana porque eu não queria faltar à receção do caloiro (ainda assim,  faltei no primeiro dia). Queria ver como era ser praxada, queria conhecer pessoas do meu curso e também queria conhecer melhor a minha nova faculdade e a minha nova casa, ainda que a Esec não tenha sido uma faculdade que eu queria mesmo entrar. Não, não era de todo.  Não estava mesmo à espera de ter entrado e não queria entrar. Por isso, não reagi bem quando soube o resultado e meio que fiz um drama na minha cabeça. Não saltei aos gritos, nem de felicidade. Apenas me senti mais aliviada por, pelo menos, ter entrado no curso que eu queria.
Mas voltando ao assunto anterior, o meu primeiro dia foi passado a ver a minha nova casa (que era realmente uma residência de estudantes), de manhã, e foi também o meu primeiro contacto com duas colegas da residencia. Lembro-me de estar tão atribulada  que quando a minha colega falou para mim eu  respondia nervosa e confusa (têm de me desculpar, ainda estava a processar tudo).
Depois de almoçar com os meus pais, fui ter ao parque verde e eles foram embora.
Como já tinha conhecido uma rapariga no dia das matriculas foi menos complicado para mim.  A seguir fomos assistir a uma espécie de missa. Foi aí que conhecemos a Tertúlia e ouvimos pela primeira vez à balada da saudade (muito bonita). No final do dia,  foi o jantar de curso onde nos possibilitou conhecer as doutoras e o doutor do nosso curso.
No geral, acho que não senti um choque como pensei que iria sentir. Até estava normal e não muito nervosa. Só senti tudo o que era suposto sentir  quando me deitei na cama à noite.Estava sozinha (ainda não tinha visto a minha colega de quarto), sem os meus pais e tinha que me desenrascar. Desesperei e foi aí que comecei a reagir mal àquela situação. Basicamente, foi quando eu caí em mim.
No dia seguinte, na quarta feira lá fui eu novamente à praxe. Conheci outras pessoas, esforcei-me para me chegar a elas. Conheci duas pessoas e outras mais. Foi também quando fizemos uma música para o nosso curso. Eu gostei no geral. Não achei nada ofensiva, como se ouve falar na televisão. Achei uma praxe calma. Não nos obrigavam a nada, não nos ofenderam. No geral, foi uma boa experiencia.
E a vocês? Como foi a vossa primeira semana na vossa escola/faculdade?




4 comentários:

  1. A primeira semana na minha opinião é a que nos marca mais, porque tudo é novo, a minha primeira semana foi a mais calma até agora :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a minha foi mais ou menos! ahah
      Mas é verdade, é tudo novo, por isso é como se fosse um impacto!

      Eliminar
  2. Aproveita o ano de caloira, é o melhor ano da universidade, se for bem aproveitado, claro :).
    Já respondi ao teu mail :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todas pessoas que já não sao caloiras dizem isso :)
      Espero que assim seja!

      Beijinhos*

      Eliminar