sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Lições Que Se aprende Quando Se Vive Na Cidade Onde Se Estuda


Mal eu soube que entrei na faculdade, a minha vida mudou logo nesse instante. Ou melhor, sabia eu que muitas coisas na minha vida iriam mudar. Ainda nem passou um mês (não tenho aulas à quinta e à sexta e também houveram feriados) e já pude tirar algumas aprendizagens da minha curta experiência. 

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Primeira semana em Coimbra




Sem contar com o dia das matrículas e com o passeio a Coimbra com a minha amiga Cátia antes de saber os resultados das colocações, a minha primeira semana nesta cidade foi, digamos, um pouco atribulada.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Never Give Up


Hoje vim falar-vos de um tema da atualidade. Já não deve ser a primeira vez que ouvem alguém dizer que é uma perda de tempo ou é desnecessário nós jovens continuarmos a massacrar a cabeça nos estudos e gastarmos dinheiro em tirar cursos, se mais tarde o nosso destino é o desemprego.
Por um lado eu concordo porque muitos de nós acaba por não arranjar emprego depois de tirar licenciaturas/mestrados. Mas por outro não concordo. Penso que não devemos fazer isso um obstáculo e deixarmos de seguir aquilo que queremos. 
Aliás, eu acho que mesmo estando o nosso país em crise, há sempre lugar para os melhores. Ainda para mais, se nós gostarmos mesmo daquilo que estamos a estudar, acabamos por nos tornarmos bons profissionais. O facto de estarmos apaixonados por uma área, sermos persistentes e acreditarmos que vamos um dia conseguir, já é meio caminho andado.
Formar-mo-nos num curso também dá a possibilidade de nos tornarmos mais cultos em alguma área. Ajuda-nos a descobrir e a aprender mais coisas acerca do que gostamos. E também nos dá outras vantagens. Por exemplo, permite-nos conhecer outras pessoas, pessoas essas que tem algo muito importante em comum connosco: aquilo que estamos a estudar para um dia exercermos como profissão.